Caronte – Satélite de Plutão

CaronteCaronte é o maior satélite natural (lua) do planeta anão Plutão. Caronte foi descoberto em 22 de Junho de 1978 pelo astrónomo norte-americano James Walter Christy, quando trabalhava no Observatório Naval dos Estados Unidos.

Caronte tem um diâmetro de cerca de 1.207 km, o que equivale a aproximadamente metade do tamanho do planeta anão Plutão. Em termos proporcionais, Caronte é um satélite bastante grande. Por vezes, o conjunto “Plutão – Caronte” é considerado como um planeta anão duplo.

Caronte orbita a uma distância média de aproximadamente 19.570 km de Plutão.

O centro de massa da dupla “Plutão – Caronte” não está situada no interior de Plutão, isto faz com que na realidade ambos os corpos celestes orbitem ao redor de um ponto no espaço, fora do planeta anão Plutão. Isto é um caso muito pouco frequente dentro do nosso Sistema Solar.

Órbitas de Plutão e Caronte

Representação das órbitas de Plutão (objeto maior) e Caronte (objeto menor).

O período orbital de ambos os corpos ao redor desse ponto no espaço é de cerca de 6,4 dias terrestres. É frequente falar-se em órbita de Caronte ao redor de Plutão, dado que este último é maior que Caronte, e o centro de massa também está mais próximo de Plutão do que deste seu satélite. O período de rotação de Caronte é também de 6,4 dias terrestres, o mesmo acontecendo com o período de rotação de Plutão.

Dado que o período orbital e o período de rotação de ambos os objetos são iguais (6,4 dias terrestres), o satélite Caronte aparece imóvel no céu de Plutão. De igual modo, visto a partir de Caronte, o planeta anão Plutão também aparece imóvel no céu. Para além disso ambos apresentam ao seu “companheiro” sempre o mesmo lado da superfície.

Dada a grande distância desta lua de Plutão em relação a nós, a observação a partir da Terra é muito difícil mesmo com recurso aos telescópios mais potentes, pelo que tivemos que esperar pela chegada da sonda espacial New Horizons ao sistema “Plutão – Caronte”, para sabermos mais sobre este interessante corpo celeste. A New Horizons chegou em Julho de 2015, depois de mais de nove de viagem pelo Sistema Solar, e facultou-nos muitas informações valiosas e várias fotos deste longínquo objeto.

A superfície deste satélite de Plutão aparentemente é dominada por gelo de água, ainda que haja alguma diversidade de outros elementos. Os pólos de Caronte são mais escuros que a região mais próxima do equador. Uma parte significativa da superfície de Caronte aparenta ser relativamente jovem, com poucas crateras.

Seguem-se uma foto de Caronte obtidas pela sonda espacial New Horizons.

Caronte

Caronte. Foto obtida pela New Horizons a 466.000 km desta lua de Plutão.

(artigo atualizado em 11/08/2015)

Share Button
Caronte – Satélite de Plutão
5 (100%) 4 votes
Tagged , , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.