Catálogo Messier

Catálogo MessierO Catálogo Messier é um catálogo astronómico criado pelo astrónomo francês Charles Messier (com a colaboração do astrónomo Pierre Méchain) na segunda metade do séc. XVIII. Este catálogo apresenta atualmente 110 objetos do céu profundo, e ainda hoje é uma referência para os astrónomos. Continue a ler

Telescópio dobsoniano

Telescópio dobsonianoUm telescópio dobsoniano (também conhecido como telescópio de Dobson) é um telescópio refletor cuja prioridade está no tamanho da abertura (objetiva) em detrimento de outros aspectos. Assim, os custos de produção são minimizados, proporcionando uma excelente relação preço/abertura. Continue a ler

Os Nomes das Estrelas

Estrelas Qual a origem dos nomes das estrelas? Na antiguidade, em diferentes civilizações, nomes próprios foram atribuídos às estrelas, principalmente as estrelas mais brilhantes. Mais tarde, com o desenvolvimento da astronomia, outras formas de designar as estrelas foram surgindo. Como tal é importante conhecermos a nomenclatura das estrelas, a origem dos nomes das estrelas, e as diferentes designações que foram surgindo ao longo do tempo. Continue a ler

Velocidade da luz

Velocidade da luzQual a velocidade da luz? Sabemos hoje que a velocidade da luz é finita, mas nem sempre se pensou assim. Até por volta do século XVII, a ideia que dominava era que a luz viajava instantaneamente, ou seja, pensava-se que sua velocidade era infinita. Porém, com o desenvolvimento da ciência, sabemos hoje com precisão qual a velocidade da luz no vácuo, que no caso é de 299.792.458 m/s. Por vezes essa velocidade é “arredondada” para 300.000 km/s. Continue a ler

Grandezas e Unidades de Medida Astronómicas

AstronomiaCom frequência os astrónomos fazem uso de grandezas e unidades de medida astronómicas que por vezes não são bem compreendidas pelo público em geral. Falam com frequência de velocidade da luz, ano-luz, parsec, unidade astronómica, magnitude aparente, magnitude absoluta, entre outras. Posto isto torna-se importante conhecer o que cada uma dessas grandezas e unidades de medidas significam, e é isso que vamos ver de seguida. Continue a ler

Telescópio refletor

Telescópio refletorUm telescópio refletor é um instrumento óptico que tem um espelho como objetiva, ao contrário do telescópio refrator em que sua parte óptica é constituída apenas por lentes. O primeiro tipo de telescópio a ser inventado foi o refrator (também chamado de luneta), seguindo-se então o refletor sobre o qual vamos falar neste artigo. Continue a ler

Luneta – Telescópio refrator

Luneta - Telescópio refratorUma luneta é um telescópio refrator. Foi o primeiro tipo de telescópio a ser inventado e foi o tipo de telescópio utilizado por Galileu Galilei para fazer as suas descobertas que viriam a revolucionar a ciência. Em 1610 foi publicado o famoso livro de Galileu, “Sidereus Nuncius”, onde ele apresenta as descobertas que fez com sua luneta, ainda que as lunetas na época eram de qualidade muito inferior às lunetas atuais. Continue a ler

Binóculos e as observações astronómicas

BinóculosAo contrário do que se possa pensar, os binóculos são importantes no que toca às observações astronómicas. Um astrónomo amador pode tirar muitos benefícios por possuir um binóculo de qualidade. Para quem se inicia nas observações astronómicas, a utilização de binóculos antes da compra de um telescópio também é muito importante. Continue a ler

Constelações – O que são?

ConstelaçõesNeste artigo vamos ver o que é uma constelação e a sua importância para a astronomia. As constelações ajudam-nos a localizar determinados eventos ou objetos celestes no céu. Vamos ver ainda como é que chegamos às 88 constelações atualmente reconhecidas pela União Astronómica Internacional. No final do artigo é apresentada uma lista de todas as constelações. Continue a ler