Sonda Dawn em órbita de Ceres

Ceres - Foto obtida pela Sonda DawnDia 6 de Março de 2015, data em que a sonda espacial Dawn entrou em órbita do planeta anão Ceres. Pela primeira vez uma sonda espacial visita um planeta anão. Apesar de Ceres estar relativamente próximo de nós, visto do planeta Terra este objeto revela pouco da sua superfície, mesmo através dos mais avançados instrumentos de observação. Continue a ler

Sonda Dawn – Fotos de Ceres

Foto de CeresA sonda espacial Dawn, lançada em 27 de Setembro de 2007 pela NASA, ficou mais de um ano em órbita do asteróide Vesta (entre Julho de 2011 e Setembro de 2012). Depois disso seguiu rumo ao seu novo alvo, o planeta anão Ceres. Está previsto que a sonda Dawn chegue a Ceres em 6 de Março de 2015, mas antes disto a sonda já nos brindou com algumas fotos deste planeta anão. Continue a ler

Sondas Espaciais em 2015

Sonda EspacialO ano de 2015 é um ano muito importante no que toca à exploração espacial, principalmente devido a duas sondas espaciais cujas missões são de grande interesse para astrónomos profissionais e também para o público em geral. Neste artigo vamos dar destaque à sonda espacial Dawn que tem como alvo o planeta anão Ceres, e à sonda espacial New Horizons que tem como alvo o planeta anão Plutão. Continue a ler

Philae pousou no cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko

PhilaeEm 12 de Novembro de 2014, o módulo de aterragem Philae pousou no cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Esta é uma data histórica para a exploração espacial, dado que foi a primeira vez que um robot lançado da Terra pousou num cometa. Continue a ler

Eclipses Solares e Lunares em 2015

Eclipses em 2015Durante o ano de 2015 vão ocorrer 4 eclipses, 2 eclipses do Sol e 2 eclipses da Lua. Este artigo apresenta as datas, horas e os locais onde poderão ser observados os eclipses em 2015. Os eclipses são fenómenos astronómicos que despertam o interesse tanto aos astrónomos como ao público em geral. Continue a ler

Sonda Rosetta em órbita do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko

Cometa 67P/Churyumov-GerasimenkoDia 6 de Agosto de 2014. Uma data histórica na exploração espacial, dado que pela primeira vez uma sonda espacial entrou em órbita de um cometa. Neste caso, foi a sonda espacial Rosetta, da Agência Espacial Europeia (ESA),  que entrou em órbita do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. Continue a ler

Sonda Rosetta – Fotos do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko

Cometa 67P/Churyumov-GerasimenkoA sonda espacial Rosetta, lançada pela ESA (Agência Espacial Europeia) em 2004, tem como objetivo o estudo do cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko. A missão desta sonda espacial está em curso, sendo que já foram divulgadas algumas fotos do cometa. Continue a ler

2013 FY27 e 2013 FZ27 – Candidatos a planetas anões

Planeta AnãoNo dia 31 de Março de 2014 foi anunciada a descoberta de um objeto do Sistema Solar para lá da órbita do planeta Neptuno (objeto transneptuniano). Esse novo elemento do Sistema Solar ficou com a designação provisória de 2013 FY27. Dois dias depois, a 2 de Abril de 2014, foi anunciada a descoberta de outro objeto transneptuniano, o 2013 FZ27. Ambos os corpos são candidatos a planetas anões. Continue a ler

2012 VP113 – Objeto do Sistema Solar mais distante até hoje observado

2012 VP113No dia 26 de Março de 2014, os astrónomos anunciaram a descoberta daquele que é o objeto do Sistema Solar mais distante até hoje observado, dado que o seu periélio (ponto da órbita mais próximo do Sol) é o mais afastado de todos os objetos celestes do Sistema Solar que conhecemos atualmente. Para já possui a designação de 2012 VP113 ainda que, provisoriamente, tenha sido colocada a alcunha de Biden, em homenagem ao vice-presidente dos Estados Unidos da América. Continue a ler

Chariklo – o asteróide com anéis

Chariklo - o asteróide com anéis. Crédito: ESO/L. Calçada/M. Kornmesser/Nick RisingerChariklo, um asteróide longínquo que surpreendeu os astrónomos, por terem sido detetados à sua volta dois anéis. No Sistema Solar, apenas conhecíamos a existência de anéis em quatro planetas, nomeadamente Júpiter, Saturno (o mais evidente), Úrano e Neptuno, sendo estes os 4 maiores planetas do Sistema Solar. Nunca tal tinha sido observado num objeto de pequenas dimensões como um asteróide. Continue a ler