Eta Carinae – Uma estrela a caminho de se tornar numa supernova

Eta CarinaeEta Carinae é uma estrela que pode ser observada a partir do hemisfério sul na constelação da Carina (também conhecida como constelação da Quilha). Na realidade, Eta Carinae é um sistema de duas estrelas, em que a estrela maior tem dimensões colossais e poderá num futuro relativamente próximo tornar-se numa supernova.

Eta Carinae é uma estrela instável que ao longo dos anos tem variado muito em termos de brilho.

Eta Carinae foi catalogada pela primeira vez em 1677, pelo astrónomo Edmond Halley. Nessa época a estrela apresentava uma magnitude aparente de 4. Em 1843, Eta Carinae era uma estrela muito brilhante, na realidade era a segunda estrela mais brilhante do céu noturno, sendo ultrapassada apenas pela estrela Sirius. Este aumento de brilho teve a ver com uma explosão sofrida pela maior estrela deste sistema binário, explosão essa que não destruiu a estrela. Como resultado dessa explosão, uma nebulosa foi criada ao redor de Eta Carinae, a Nebulosa Homunculus. A partir desse ano, o brilho de Eta Carinae foi diminuindo gradualmente até que em 1868 deixou de ser visível à vista desarmada. Na década de 1990 voltou a ser visível a olho nu.

Estima-se que Eta Carinae se situe a aproximadamente 7.500 anos-luz. A estrela maior deste sistema é uma hipergigante azul, possuindo uma massa superior a 100 massas solares, sendo esta uma das estrelas mais massivas que conhecemos.

Eta Carinae num futuro relativamente próximo mas incerto (pode ser no nosso tempo ou daqui a um milhão de anos), irá explodir tornando-se numa supernova. Quando tal acontecer, o brilho de Eta Carinae possivelmente irá rivalizar com o brilho da Lua Cheia. Tal ocorrência, apesar de espetacular, não colocará em risco a vida na Terra.

Share Button
Eta Carinae – Uma estrela a caminho de se tornar numa supernova
4.8 (95%) 12 votes
Tagged , , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.