European Extremely Large Telescope (E-ELT)

European Extremely Large Telescope - ESOO European Extremely Large Telescope (E-ELT), ou Telescópio Europeu Extremamente Grande, é um telescópio óptico/infravermelho que possui grandes dimensões (maior que qualquer telescópio atual) e se prevê que entre em funcionamento no ano de 2024.

Fazendo parte do Observatório Europeu do Sul (em inglês, European Southern Observatory – ESO), este telescópio vai funcionar no deserto do Atacama, no Chile.

Desde 2005 que a ESO tem trabalhado neste projeto com o objetivo de construir um telescópio com um espelho principal de 39 metros de diâmetro. A dimensão deste espelho é muito superior aos espelhos dos maiores telescópios ópticos do mundo, como por exemplo o Gran Telescópio Canarias com 10,4 metros; os telescópios Keck 1 e Keck 2 com 10 metros cada; ou o VLT que é constituído por 4 telescópios principais com 8,2 metros cada um.

O European Extremely Large Telescope tem como missão dar um grande contributo na área da astronomia, como por exemplo estudar planetas que orbitam outras estrelas (exoplanetas); observar os objetos mais longínquos e assim conhecermos melhor como era o Universo quando este ainda era “jovem”; ajudar para uma melhor compreensão daquilo que poderá ser a matéria negra e a energia negra; entre muitos outros objetivos.

O Telescópio Europeu Extremamente Grande permitirá observações ao nível do visível e do infravermelho com uma definição superior aos atuais telescópios terrestres e ao telescópio espacial Hubble.

Assim, se tudo correr como o previsto, a partir de 2024 teremos um excelente instrumento de observação que nos poderá trazer novos conhecimentos sobre o Universo. O E-ELT é sem dúvida um projeto aliciante.

Segue-se o link do site oficial da ESO que fala sobre o  European Extremely Large Telescope (E-ELT): http://www.eso.org/public/teles-instr/e-elt/.

Share Button
Tagged . Bookmark the permalink.

Comments are closed.