Febe – Satélite de Saturno

Febe - Satélite de SaturnoFebe (ou Phoebe) é um satélite natural (lua) do planeta Saturno. Febe foi descoberto pelo astrónomo William Henry Pickering em 1899 com base em fotografias obtidas em 1898. Este foi o primeiro satélite a ser descoberto com recurso à fotografia.

Febe é um satélite aproximadamente esférico, com um diâmetro médio de cerca de 213 km.

Febe está a uma distância média de 12.952.000 km do planeta Saturno, possuindo uma órbita com excentricidade relativamente elevada, ou seja, tem uma órbita “alongada”. Febe demora 550,57 dias terrestres a completar uma volta ao redor de Saturno, e demora 9,27 horas a completar uma volta sobre si próprio (rotação).

A órbita de Febe tem uma inclinação de cerca de 30º em relação ao equador do planeta Saturno, sendo essa órbita realizada no sentido retrógrado. Quer isto dizer que Febe orbita Saturno no sentido contrário da maioria dos outros satélites deste planeta, e também no sentido contrário da rotação de Saturno.

A sua superfície está cheia de crateras, sendo também muito escura, refletindo apenas 6% da luz que recebe do Sol. Febe possuiu uma densidade de cerca de 1,6 g/cm3.

As características pouco comuns deste satélite de Saturno, fazem os astrónomos suspeitar que se trata de um Centauro capturado pelo campo gravitacional de Saturno. Os Centauros são pequenos corpos do Sistema Solar que se situam entre as órbitas de Júpiter e de Neptuno, e poderão ter tido sua origem na Cintura de Kuiper.

Febe (ou Phoebe) já foi visitado por duas sondas espaciais. A primeira foi a Voyager 2 em 1981, sendo que a sonda passou relativamente distante desta lua de Saturno e as fotos que obteve foram de baixa resolução; a segunda foi a sonda Cassini em 2004, tendo esta sonda conseguido obter fotos bastante detalhadas de Febe.

Foto de Febe

Imagem de Febe obtida pela sonda Cassini.

Share Button
Febe – Satélite de Saturno
5 (100%) 4 vote[s]
Tagged , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.