M4 – Aglomerado Globular – Constelação de Escorpião

M4 - Aglomerado GlobularM4 (Messier 4), também designado por NGC 6121 é um aglomerado globular (ou enxame globular) que pode ser observado na constelação de Escorpião. A sua magnitude aparente é de +7,1 não sendo assim visível a olho nu, porém pode ser visto com recurso a binóculos ou um pequeno telescópio amador, aparecendo assim como uma mancha difusa.

Para se localizar este aglomerado globular podemos ter a estrela Antares como referência, pois M4 está a cerca de 1,3º desta estrela bem conhecida.

Messier 4 foi descoberto no ano de 1746 pelo astrónomo suíço Jean-Philippe de Chéseaux e catalogado pelo astrónomo francês Charles Messier em 1764.

M4 é um aglomerado globular que se situa a uma distância aproximada de 7.200 anos-luz de nós. É um dos dois aglomerados globulares mais próximos de nós (o outro é NGC 6397 também a uma distância aproximada de 7.200 anos-luz). Messier 4 está ligado gravitacionalmente à nossa galáxia, a Via Láctea.

O diâmetro de M4 situa-se na ordem dos 75 anos-luz.

Messier 4 possuiu algumas centenas de milhares de estrelas, sendo este um aglomerado globular (ou enxame globular) pouco denso.

Messier 4

Foto de Messier 4 obtida pelo Telescópio Espacial Hubble.

Share Button
M4 – Aglomerado Globular – Constelação de Escorpião
5 (100%) 1 vote
Tagged . Bookmark the permalink.

Comments are closed.