Meteoro, Meteorito e Meteoróide

Meteoro - BólidoO que é um meteoro? O que é um meteorito? O que é um meteoróide? Apesar da semelhança entre estas palavras, elas significam coisas diferentes ainda que estejam relacionadas. Por vezes surge alguma confusão entre estes termos. Vamos então neste artigo abordar cada um deles e ficar a conhecer as diferenças entre meteoro, meteorito e meteoróide.

Quem tem por hábito observar o céu noturno, de vez em quando é surpreendido pelo surgimento de um rápido e repentino traço luminoso que logo desaparece. Esse fenómeno é um meteoro, popularmente chamado de estrela cadente ainda que na realidade nada tenha a ver com estrelas. Um meteoro é um fenómeno luminoso provocado pela passagem de um fragmento de matéria interplanetária que entra na atmosfera terrestre. A fricção da atmosfera faz arder essa pequena partícula de matéria e é isso que observamos quando surge um meteoro.

Um meteoróide é um fragmento de matéria interplanetária, cuja dimensão é bastante menor que um asteroide e bastante maior que uma molécula. Um meteoro é portanto causado pela passagem de um meteoróide na atmosfera terrestre. Os meteoróides podem ter várias origens: podem ser matéria expelida por um cometa, principalmente quando este se aproximou do Sol; podem ter origem na colisão entre asteroides; ou ainda podem ser fragmentos de matéria que se originaram no tempo da formação do Sistema Solar.

As chamadas chuvas de meteoros, também conhecidas por chuvas de estrelas, tem origem precisamente em matéria expelida dos cometas, pois quando a Terra cruza com a região do espaço onde está essa matéria, torna-se possível observar um considerável número de meteoros que parecem vir de um ponto específico do céu, chamado de radiante.

Exemplos de chuvas de meteoros: Perseidas, associadas ao cometa Swift-Tuttle, com pico de atividade entre os dias 11 e 13 de agosto de cada ano; Leónidas, associadas ao cometa Temple-Tuttle, com pico de atividade por volta dos dias 17 ou 18 de novembro de cada ano. Existem muitas outras chuvas de meteoros ao longo do ano.

Ocasionalmente, quando um meteoróide de maiores dimensões entra na atmosfera terrestre origina um brilho excepcionalmente brilhante, chamando-se a este fenómeno de bólido.

Já um meteorito é o nome que se dá a um meteoróide quando este cai na superfície da Terra. O maior meteorito encontrado é o meteorito Hoba West, com cerca de 66 toneladas, e situa-se na Namíbia. Este meteorito provavelmente caiu na Terra há menos de 80.000 anos.

Por vezes surge alguma confusão entre cometas e meteoros. Essa é uma dúvida que surge com alguma frequência. Temos que ter em mente que são coisas bem diferentes. Então, quais as diferenças entre cometas e meteoros? Como vimos atrás, um meteoro é um fenómeno luminoso causado por um pequeno pedaço de matéria quando entra na atmosfera terrestre; já um cometa é um corpo que orbita em volta do Sol, e que possui um núcleo que pode ir até alguns km de diâmetro, núcleo esse constituído por rocha, poeira e gelo. Um cometa possui ainda cabeleira e causa principalmente quando está próximo do Sol. Para conhecer mais sobre os cometas leia o artigo: O que é um cometa?

Share Button
Meteoro, Meteorito e Meteoróide
4.19 (83.75%) 16 votes
Tagged , , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.