NASA – Resumo Histórico

Estação Espacial Skylab - 1974A NASA (National Aeronautics and Space Administration) é uma agência dos Estados Unidos da América que tem como função a pesquisa e desenvolvimento de tecnologias e programas de exploração espacial. Segue-se um resumo histórico da atividade da NASA que muito contribuiu para o nosso conhecimento atual sobre o Universo.

A NASA foi fundada em 1958, substituindo a agência NACA (National Advisory Committee for Aeronautics), fundada em 1915 e que se dedicava à investigação aeronáutica.

Desde a sua fundação, foram muitas as missões espaciais tripuladas e não-tripuladas promovidas pela NASA. Algumas dessas missões estão atualmente em curso, outras já terminaram. Um dos pontos mais altos da agência espacial dos Estados Unidos da América foi em 20 de Julho de 1969 quando pela primeira vez um ser humano pisou o solo lunar. Tratou-se de Neil Armstrong, comandante da missão Apollo 11.

O surgimento da NASA dá-se no contexto da Guerra Fria entre os Estados Unidos da América e a União Soviética (URSS). A nível de exploração espacial, a União Soviética começou a ganhar vantagem quando em 4 de Outubro de 1957 lançou o primeiro satélite artificial, o Sputnik 1. No mês seguinte, a 3 de Novembro de 1957, a URSS enviou o segundo satélite artificial para o espaço, o Sputnik 2, onde seguiu a cadela Laika que acabaria por morrer horas depois.

Depois disso, foi a vez dos Estados Unidos da América responderem com o lançamento do primeiro satélite artificial norte-americano em 31 de Janeiro de 1958, o Explorer I, construído pelo Jet Propulsion Laboratory (JPL). Em 17 de Março de 1958 foi lançado com sucesso o pequeno satélite norte-americano Vanguard 1, ainda atualmente em órbita da Terra. Nessa época de forte competição entre os Estados Unidos e a União Soviética, foram vários os satélites artificiais lançados por ambos os países.

A NASA surge então nesse contexto, e desde então têm sido muitas as suas missões espaciais e que muito tem contribuído para a nosso conhecimento sobre o espaço.

Das missões espaciais tripuladas na NASA podemos falar do Programa Mercury que acabaria por levar o primeiro norte-americano para o espaço. A União Soviética já tinha conseguido enviar um homem para o espaço, o cosmonauta Iuri Gagarin, a bordo da Vostok 1 em 12 de Abril de 1961. Em 5 de Maio de 1961 os Estados Unidos conseguiram enviar pela primeira vez um homem para o espaço, o astronauta Alan Shepard na missão Freedom 7, pertencente ao Projecto Mercury. Em 20 de Fevereiro de 1962, o astronauta John Glenn torna-se o primeiro norte-americano a entrar em órbita da Terra a bordo da nave Friendship 7, parte do Programa Mercury.

Depois de concluído o Programa Mercury, a NASA criou o Programa Gemini com o objetivo de pesquisar o comportamento humano no espaço, bem como a forma de se funcionar com máquinas no espaço.

Buzz Aldrin na Lua - Apollo 11

Foto de Buzz Aldrin na Lua – Missão Apollo 11

Este projeto teve várias missões, a maior parte delas tripuladas. O Projecto Gemini foi muito importante para a preparação do projeto seguinte da NASA, o Programa Apollo.

Surgiu então o Programa Apollo que viria a colocar o primeiro ser humano na superfície da Lua com a Apollo 11. Antes da Apollo 7 todas as missões foram não tripuladas. A Apollo 1 ficou tragicamente conhecida pela morte de 3 astronautas devido a um incêndio durante um treino em 27 de Janeiro de 1967. A partir da Apollo 7 começaram as missões tripuladas, tendo como seu ponto alto a já referida Apollo 11 que levou 3 astronautas: Neil Armstrong, Edwin Aldrin (também conhecido por Buzz Aldrin) e Michael Collins. Os dois primeiros astronautas pisaram o solo lunar, enquanto que Michael Collins ficou em órbita da Lua, nunca tendo pisado o solo lunar. O Programa Apollo seguiu até à missão Apollo 17, a última vez que um ser humano pisou o solo lunar, em Dezembro de 1972. O Programa Apollo levou 12 pessoas até à superfície da Lua.

Em 14 de Maio de 1973, a NASA lançou para o espaço a estação espacial Skylab. Esta estação espacial esteve em funcionamento desde o ano de 1973 até 1979.

No ano de 1981 foi realizado o primeiro voou do Vaivém Espacial (Space Shuttle). Este tipo de veículo substituiu a nave Apollo (utilizada no Programa Apollo), sendo agora este um tipo de nave parcialmente reutilizável. Este tipo de veículo espacial (o Space Shuttle) realizou sua última missão em 2011.

Atualmente a NASA está envolvida no projecto da Estação Espacial Internacional (International Space Station, com a sigla ISS), juntamente com a ESA (Agência Espacial Europeia), com a CSA/ASC (Agência Espacial Canadiana), com a JAXA (Agência Japonesa de Exploração Aeroespacial) e com a ROSKOSMOS (Agência Espacial Federal Russa). A Estação Espacial Internacional orbita em volta da Terra, sendo que permite a presença permanente de seres humanos no espaço. Por dia completa um pouco mais de 15 voltas à Terra.

Em relação a missões espaciais não-tripuladas, podemos falar desde logo no Programa Mariner. Este programa teve como objetivo lançar sondas espaciais rumo aos planetas Vénus, Marte e Mercúrio. A Mariner 1, lançada a 22 de Julho de 1962 rumo a Vénus, falhou a sua missão tendo sido destruída poucos minutos depois do lançamento. A Mariner 2 foi lançada a 27 de Agosto de 1962 rumo a Vénus, tendo a sua missão sido bem-sucedida. Depois disso, o Programa Mariner focou-se em Marte. Desde a missão Mariner 3 até a Mariner 9, o alvo foi o planeta Marte, sendo que a Mariner 3 e a Mariner 8 não foram bem-sucedidas. A Mariner 10, lançada com sucesso em 3 de Novembro de 1973 rumo ao planeta Mercúrio, foi a última sonda deste projeto.

O Programa Pioneer tinha como missão o envio de sondas espaciais para a exploração dos planetas do Sistema Solar. De todas as missões deste programa, os mais importantes foram a Pioneer 10 e a Pioneer 11. A Pionner 10 foi lançada em 2 de Março de 1972 rumo ao planeta Júpiter, tendo chegado nas proximidades deste planeta em 3 de Dezembro de 1973. Tendo terminado a sua missão em Júpiter, a Pionner 10 seguiu numa trajetória para fora do Sistema Solar. A Pioneer 11 foi lançada em 6 de Abril de 1973 com o objetivo de estudar os planetas Júpiter e Saturno. Depois de ter completado sua missão nestes dois planetas, a Pioneer 11 seguiu uma trajetória para fora do Sistema Solar.

O Programa Voyager consistiu no envio de duas sondas espaciais, a Voyager 1 e Voyager 2, para a exploração dos planetas Júpiter, Saturno, Úrano e Neptuno. A Voyager 1 foi lançada em 5 de Setembro de 1977 e é atualmente o objeto feito pelo ser humano que está mais longe da Terra. A Voyager 1 passou pelos planetas Júpiter e Saturno, tendo depois seguida uma trajetória para fora do Sistema Solar. A Voyager 2 foi lançada a 20 de Agosto de 1977, curiosamente foi lançada primeiro que a Voyager 1, porém a Voyager 1 chegou primeiro a Júpiter que a Voyager 2. A Voyager 2 passou pelos planetas Júpiter, Saturno, Úrano e Neptuno, tendo depois seguido numa trajetória para fora do Sistema Solar.

O Programa Viking foi um projeto da NASA que consistiu no envio de duas sondas, a Viking 1 e a Viking 2. Ambas as sondas eram constituídas por duas partes principais: uma que ficaria em órbita de Marte fotografando a superfície do planeta, a outra parte pousaria no solo de Marte para estudar a sua superfície. A Viking 1 foi lançada em 20 de Agosto de 1975 e a Viking 2 foi lançada no dia 9 de Setembro de 1975.

O Programa Hélios surgiu da cooperação entre a NASA e a Alemanha Ocidental. Este programa consistiu no envio de duas sondas, a Hélios 1 e a Hélios 2, para estudar os processos solares. A Hélios 1 foi lançada em 10 de Dezembro de 1974 e a Hélios 2 foi lançada em 15 de Janeiro de 1976.

A sonda Magalhães (ou Magellan) foi lançada em 4 de Maio de 1989 rumo ao planeta Vénus. Esta sonda criou um mapeamento de alta resolução com radar da superfície de Vénus.

A sonda Galileu foi lançada em 18 de Outubro de 1989 com o objetivo de estudar o planeta Júpiter e suas luas.

O Telescópio Espacial Hubble foi lançado para o espaço em 24 de Abril de 1990, estando desde então em órbita do planeta Terra, e atualmente ainda nos tem facultado muitas imagens do espaço com grande qualidade.

A sonda Mars Global Surveyor foi lançada em 7 de Novembro de 1996 com a missão de chegar a Marte e de cartografar a sua superfície.

O Programa Discovery tem como objetivo realizar diversas experiências científicas relacionadas com a exploração espacial e com baixo custo. Dentro deste programa, foram realizadas diversas missões espaciais, tais como: missão Dawn, Kepler, NEAR (Near Earth Asteroid Rendezvous), Mars Pathfinder, Lunar Prospector, Stardust, Genesis, MESSENGER, Deep Impact.

A missão Mars Exploration Rovers consistiu no envio de dois pequenos veículos para a superfície do planeta Marte. O primeiro veículo, de nome Spirit, foi lançado em 10 de Junho de 2003. O segundo veículo, de nome Opportunity, foi lançado em 7 de Julho de 2003.

A sonda New Horizons lançada para o espaço em 19 de Janeiro de 2006, está em direção ao planeta anão Plutão onde deverá de chegar em 2015. Depois de estudar Plutão e seus satélites seguirá para estudar outros objetos celestes da Cintura de Kuiper.

Links:

Site da NASA
Link da NASA TV

Share Button
NASA – Resumo Histórico
4.8 (96%) 5 votes
Tagged , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.