Nebulosa de Órion – M42

Nebulosa de ÓrionNebulosa de Órion, situada na constelação de Órion (ou Orionte), também conhecida como M42 ou NGC 1976, é por muitos considerada como um dos mais belos objetos celestes que podemos observar. Esta nebulosa é visível à vista desarmada, mas para que possamos observar a beleza deste objeto celeste, temos de recorrer a bons instrumentos de observação.

A nebulosa de Órion está a cerca de 1350 anos-luz de nós. Sua magnitude aparente é de +4, ou seja, é detetável à vista desarmada. Podemos encontrá-la na constelação de Órion, no centro da região da Espada, próxima do cinturão de Órion. O cinturão de Órion é constítuido por 3 estrelas em linha também conhecido como As Três Marias. Estima-se que o diâmetro da nebulosa de Órion seja cerca de 25 anos-luz.

Esta nebulosa faz parte de uma grande núvem de gás e poeira que se chama Nuvem de Órion, e que engloba outras nebulosas, como por exemplo a M43, M78 e a Nebulosa Cabeça de Cavalo, entre outras.

A nebulosa de Órion (M42) é um “berçário” de estrelas, dado que nela estão a ser formadas novas estrelas. A M42 é uma nuvem de gás e poeira que brilha devido à luz que absorve de estrelas jovens e muito quentes que estão nessa região. No centro desta nebulosa situa-se um grupo de estrelas chamada de aglomerado do Trapézio, 4 dessas estrelas são relativamente brilhantes e visíveis com um telescópio amador. Se esse telescópio amador tiver abertura suficiente, então poderão ser visíveis ainda mais 2 estrelas, menos brilhantes que as outras 4. É usual associar-se as 4 estrelas mais brilhantes ao aglomerado do Trapézio, porém este aglomerado tem muitas outras estrelas.

Aglomerado do Trapézio

Aglomerado do Trapézio na nebulosa de Órion.

Share Button
Nebulosa de Órion – M42
4.8 (96.36%) 11 votes
Tagged , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.