O que é uma galáxia?

M51 - Galáxia do RedemoinhoUma galáxia é um enorme aglomerado de estrelas, planetas, gás e poeiras ligados pela força da gravidade, assim como pela ainda pela pouco conhecida matéria escura. Que tipos de galáxias existem? Quais as suas características? O que sabemos sobre a nossa galáxia, a Via Láctea? Neste artigo vamos explorar estas grandes estruturas que constituem o Universo.

O tamanho das galáxias varia muito. Existem algumas que são constituídas por “apenas” alguns milhões de estrelas e outras por vários triliões de estrelas que orbitam em torno do centro da galáxia.

A nossa galáxia, a Via Láctea, tem uma estrutura em espiral constituída por várias centenas de milhares de milhões de estrelas. Há quem pense que na Via Láctea existam cerca de 200 mil milhões de estrelas, mas também há quem avance com o número de 400 mil milhões de estrelas. A Via Láctea tem cerca de 100.000 anos-luz de diâmetro, a região central conhecida por bojo tem aproximadamente 6.000 anos-luz de espessura, e o disco tem cerca de 2.000 anos-luz de espessura. Nós nos situamos a cerca de 26.000 anos-luz do centro galáctico, num dos braços da espiral chamado de Braço de Órion. O Sistema Solar orbita em volta do centro da galáxia a uma velocidade de aproximadamente 240 km/s, demorando cerca de 200 milhões de anos a completar uma volta.

Podemos dividir as galáxias em 3 tipos principais: elípticas, espirais e irregulares.

As galáxias elípticas apresentam uma forma esférica ou elipsoidal, e não apresentam estrutura em forma de espiral. As suas estrelas são maioritariamente estrelas velhas. Este tipo é designado pela letra E seguido de um número que pode ir de 0 a 7. Uma galáxia E0 tem uma forma quase esférica e uma E7 tem uma forma bastante alongada.

M31 - Galáxia de Andrómeda

M31 – Galáxia de Andrómeda. Situa-se a cerca de 2,5 milhões de anos luz da Terra

As galáxias espirais apresentam uma estrutura em espiral em volta do núcleo. As espirais subdividem-se em outros dois tipos: galáxias espirais normais designadas pela pela letra S, e caracterizam-se por um disco em que os braços em espiral surgem a partir do núcleo galáctico; galáxias espirais com barra (ou barradas), designadas por SB, sendo parecidas com as espirais normais possuem a particularidade de os braços em espiral emergirem das extremidades de uma concentração de material em forma de barra.

As galáxias irregulares, designadas por Ir, possuem uma estrutura desordenada, não possuem uma forma geometricamente regular.

A grande maioria das galáxias fazem parte de grupos em que seus membros estão ligados pela força da gravidade. O tamanho desses enxames varia bastante. Alguns exames de galáxias são constituídos por apenas algumas galáxias enquanto que outros são constituídos por milhares delas.

A Via Láctea faz parte do Grupo Local, enxame constituído por mais de 35 elementos. O maior elemento do Grupo Local é a chamada galáxia de Andrómeda (conhecida também por M31), seguindo-se a Via Láctea.

Por sua vez os enxames galácticos estão inseridos em outras estruturas maiores ainda, os chamados superenxames de galáxias. O Grupo Local, do qual faz parte a Via Láctea, pertence ao Superenxame da Virgem (também conhecido por Superenxame Local).

Share Button
O que é uma galáxia? 3.43/5 (68.57%) 7 votes
Tagged , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.