Orcus – Candidato a Planeta Anão

OrcusOrcus (ou Orco), designado também por 90482 Orcus, é um objeto do Sistema Solar que pertence à Cintura de Kuiper. Orcus também é um objeto transneptuniano, dado que a sua órbita se estende para lá do planeta Neptuno. Devido às suas caraterísticas, este longínquo corpo celeste poderá vir a ser considerado como planeta anão.

Orcus foi descoberto em 17 de Fevereiro de 2004 pelos astrónomos Michael Brown, Chad Trujillo e David Rabinowitz do Caltech.

Não se conhece com total precisão o diâmetro de Orcus, porém estima-se que seja na ordem dos 920 km. Em termos de diâmetro, Orcus é mais pequeno que Plutão, porém em termos de órbitas estes 2 objetos do Sistema Solar possuem semelhanças.

A distância média de Orcus em relação ao Sol é de 39,2 UA, sendo que quando está no periélio (ponto da órbita mais próximo do Sol) a distância é de 30,2 UA, e quando está no afélio (ponto da órbita mais afastada do Sol) a distância é de 48,1 UA. Orcus demora cerca de 248 anos a completar uma volta ao redor do Sol.

Orcus é também um plutino, ou seja, é um objeto transneptuniano, mais precisamente da Cintura de Kuiper, que está em ressonância orbital de 2:3 com o planeta Neptuno. Quer isto dizer que por cada duas voltas ao redor do Sol efetuadas pelo plutino, o planeta Neptuno completa três voltas ao redor do Sol. O nome “plutino” vem de Plutão, o primeiro objeto em que foi detetada essa ressonância com Neptuno. Atualmente conhecemos um número significativo de objetos dessa região do Sistema Solar que são plutinos.

O período de rotação de Orcus não é conhecida, diversos estudos apresentam possíveis periodos diferentes. É possível que o período de rotação seja próximo de 10 horas, mas não sabemos isso com exatidão.

Orcus tem um satélite natural (lua) atualmente conhecido: Vanth.

Share Button
Orcus – Candidato a Planeta Anão
5 (100%) 3 votes
Tagged . Bookmark the permalink.

Comments are closed.