Planeta Mercúrio

Planeta Mercúrio. Foto tirada pela sonda Messenger.Planeta Mercúrio, o planeta mais próximo do Sol e o mais pequeno do Sistema Solar. Um pequeno mundo com uma enorme variação de temperatura. De observação difícil a partir da Terra, este planeta começou a desvendar os seus segredos graças às sondas espaciais Mariner 10 e MESSENGER. Neste artigo vamos explorar o planeta Mercúrio e ver suas principais características.

O planeta Mercúrio está a uma distância média de 57,9 milhões de km do Sol, sendo portanto o planeta mais próximo do “astro-rei”. Sua distância em relação ao Sol varia entre os 46 milhões de km (periélio) e 69,8 milhões de km (afélio). Sua órbita carateriza-se por ser a mais excêntrica dos planetas do Sistema Solar. Entende-se por “excentricidade orbital” ao afastamento de uma órbita em relação a uma órbita perfeitamente circular. O valor da excentricidade pode variar entre 0 e 1, sendo que 0 trata-se de uma trajetória circular, se for superior a 0 e inferior a 1 trata-se de uma trajetória elíptica, se for 1 trata-se de uma trajetória parabólica. No caso de Mercúrio, a sua órbita assume o valor de 0,2056. Em termos de comparação, o planeta Terra tem uma excentricidade orbital de 0,0167.

Mercúrio é também o planeta mais rápido do Sistema Solar, viajando a uma velocidade média de 47,87 km/s ao redor do Sol. Quanto mais próximo está um planeta em relação à sua estrela, maior terá de ser a velocidade do planeta, pois a força da gravidade da estrela faz-se sentir de forma mais intensa.

Este é o mais pequeno dos planetas do Sistema Solar. No equador o seu diâmetro é de cerca de 4880 km. Mercúrio ganhou o título de planeta mais pequeno do Sistema Solar em 2006, quando Plutão deixou de ser considerado planeta, passando a ser classificado como planeta anão. Até então era Plutão considerado como o mais pequeno.

Mercúrio é um planeta telúrico, isto é, é um planeta rochoso tal como a Terra. Sua superfície é muito semelhante à superfície lunar. A geologia de Mercúrio é constituída por crateras e planícies de lava, apesar de não ter atualmente atividade vulcânica. Em Mercúrio situa-se uma das grandes crateras encontradas no Sistema Solar: trata-se da bacia Caloris, também conhecida por Caloris Planitia com cerca de 1550 km de diâmetro.

A temperatura do planeta Mercúrio varia entre um máximo de cerca de 427 °C e um mínimo de cerca -173 °C. Esta enorme variação de temperatura é devida à quase inexistência de atmosfera e com a diferença de temperaturas entre as regiões junto ao equador em relação às regiões dos polos.

Existe uma peculiar relação entre o período de rotação de Mercúrio (o tempo que o planeta leva a dar uma volta sobre si próprio, também chamado de dia sideral) e o período de translação de Mercúrio (o tempo que o planeta demora a dar uma volta ao Sol). Mercúrio demora cerca de 58,65 dias terrestres a dar uma volta sobre si próprio (rotação), o que corresponde a dois terços do tempo que demora a dar uma volta ao Sol (translação) que é de 87,97 dias terrestres. Estes dois períodos sincronizados fazem com no planeta Mercúrio o dia solar (tempo médio que o Sol demora entre duas passagens consecutivas pelo mesmo meridiano) seja de 176 dias terrestres, que corresponde ao tempo que este planeta demora a efetuar 2 translações (voltas ao Sol).

Foto do planeta Mercúrio tirada pela sonda Messenger

Foto do planeta Mercúrio tirada pela sonda Messenger

Este planeta sempre foi de observação difícil a partir da Terra. Apesar de ser um dos cinco planetas visíveis à vista desarmada, Mercúrio está muito próximo do Sol, sendo que apenas pode ser visto durante pouco tempo depois do Sol se pôr ou então pouco tempo antes do Sol nascer. Mesmo com os telescópios profissionais, Mercúrio não revela muito de suas características. Devido à proximidade de Mercúrio em relação ao Sol, o telescópio espacial Hubble não pode ser apontado a este planeta.

Muito daquilo que conhecemos sobre Mercúrio deve-se à sonda Mariner 10 e à sonda MESSENGER.  A sonda Mariner 10 aproximou-se de Mercúrio em 3 ocasiões diferentes entre Março de 1974 e Março de 1975, tirando fotos deste planeta que cobriram cerca de 45% da sua superfície. Mais recentemente, em 2008, chegou a Mercúrio a sonda espacial Messenger lançada pela NASA em 3 de Agosto de 2004.

O planeta Mercúrio não possui nenhum satélite natural conhecido. Para além de Mercúrio, existe apenas mais um planeta que não possui satélites. Trata-se do planeta Vénus.

Share Button
Planeta Mercúrio
5 (100%) 7 votes
Tagged , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.