Némesis – Uma hipotética estrela companheira do Sol

Anã VermelhaA maior parte das estrelas que conhecemos pertencem a sistemas estelares binários, sendo que estrelas solitárias como o nosso Sol são em menor número. Porém existe quem defenda a possibilidade do Sol ter uma companheira de brilho muito fraco, que ainda não foi observada, mas que até já tem um nome: Némesis. Apesar de haver quem defenda a existência desta hipotética estrela, é pouco provável que ela exista. Continue a ler

Os Nomes das Estrelas

Estrelas Qual a origem dos nomes das estrelas? Na antiguidade, em diferentes civilizações, nomes próprios foram atribuídos às estrelas, principalmente as estrelas mais brilhantes. Mais tarde, com o desenvolvimento da astronomia, outras formas de designar as estrelas foram surgindo. Como tal é importante conhecermos a nomenclatura das estrelas, a origem dos nomes das estrelas, e as diferentes designações que foram surgindo ao longo do tempo. Continue a ler

Estrela Altair – Constelação da Águia

Estrela AltairAltair é a estrela alfa da constelação da Águia, sendo também a estrela mais brilhante da sua constelação. A magnitude aparente de Altair é de +0,77 sendo assim uma estrela relativamente brilhante vista a partir da Terra. A sua distância em relação a nós é de aproximadamente 17 anos-luz, o que a torna uma estrela próxima (à escala astronómica). Continue a ler

Estrela de Barnard

Estrela de BarnardA Estrela de Barnard é uma das estrelas mais próximas de nós. Trata-se de uma estrela anã vermelha, de fraco brilho e invisível à vista desarmada, mas que se destaca por ter o maior movimento aparente visto a partir do planeta Terra. A descoberta de que esta estrela tem um grande movimento aparente remonta ao ano de 1916 e deve-se ao astrónomo norte-americano Edward Emerson Barnard. Continue a ler

Eta Carinae – Uma estrela a caminho de se tornar numa supernova

Eta CarinaeEta Carinae é uma estrela que pode ser observada a partir do hemisfério sul na constelação da Carina (também conhecida como constelação da Quilha). Na realidade, Eta Carinae é um sistema de duas estrelas, em que a estrela maior tem dimensões colossais e poderá num futuro relativamente próximo tornar-se numa supernova. Continue a ler