Telescópio Espacial Hubble

Telescópio Espacial HubbleO Telescópio Espacial Hubble (em inglês, Hubble Space Telescope, HST) é um telescópio espacial desenvolvido pela NASA com uma participação da Agência Espacial Europeia (ESA). Lançado para o espaço em 24 de Abril de 1990, através do vaivém espacial Dicovery, tem orbitado a Terra desde então fornecendo muitas e valiosas informações que nos tem ajudado a compreender melhor o Universo.

O tamanho da objetiva (abertura) do Hubble é de 2,4 metros, significativamente menor que os maiores telescópios terrestres. A título de comparação, o maior telescópio óptico do mundo é o Gran Telescópio Canarias, está situado na Ilha de La Palma, pertencente ao arquipélago das Canárias, e possui uma abertura de 10,4 metros. Porém, o Hubble tem a grande vantagem de estar acima da atmosfera terrestre, a aproximadamente 570 km da superfície da Terra. O Telescópio Hubble completa uma volta à Terra em cerca de 97 minutos, deslocando-se a uma velocidade de 8 km/s.

A atmosfera terrestre é um problema para os observadores a partir da Terra, dado que a atmosfera distorce as imagens dos objetos celestes que vêm do exterior. É devido à atmosfera que as estrelas parecem cintilar. O Telescópio Espacial Hubble não enfrenta esse problema. Para além disso, a atmosfera também bloqueia parcialmente ou absorve certos comprimentos de onda, como por exemplo o ultravioleta, impedindo que, da Terra, possamos observar os objetos celestes nestes comprimentos de onda.

O Hubble é um telescópio refletor do tipo Cassegrain, e está equipado com diversos instrumentos que permitem observar desde o comprimento de onda ultravioleta até ao infravermelho, passando pela luz visível.

Este telescópio espacial permitiu-nos ficar a conhecer muito mais sobre o Universo. Ficamos a saber que a idade do Universo está, provavelmente, entre 13 mil milhões a 14 mil milhões de anos (existem estudos que apontam para aproximadamente 13,7 mil milhões de anos). Permitiu-nos observar galáxias muito distantes e consequentemente como elas eram nos primórdios do Universo. Estes são apenas poucos exemplos entre as inúmeras contribuições que o Telescópio Espacial Hubble deu à astronomia e à cosmologia.

Para além disso, ao longo dos anos o Hubble tem proporcionado imagens magníficas dos mais variados objetos celestes e que têm fascinado tanto astrónomos como o público em geral.

Para visitar o site oficial do Telescópio Espacial Hubble, clique aqui.

Nebulosa Cabeça de Cavalo

Foto da Nebulosa Cabeça de Cavalo, obtida pelo Telescópio Espacial Hubble, no infravermelho.

Share Button
Telescópio Espacial Hubble
3.3 (66.67%) 3 votes
Tagged . Bookmark the permalink.

Comments are closed.