Telescópio Espacial Hubble

Telescópio Espacial HubbleO Telescópio Espacial Hubble (em inglês, Hubble Space Telescope, HST) é um telescópio espacial desenvolvido pela NASA com uma participação da Agência Espacial Europeia (ESA). Lançado para o espaço em 24 de Abril de 1990, através do vaivém espacial Dicovery, tem orbitado a Terra desde então fornecendo muitas e valiosas informações que nos tem ajudado a compreender melhor o Universo.

O tamanho da objetiva (abertura) do Hubble é de 2,4 metros, significativamente menor que os maiores telescópios terrestres. A título de comparação, o maior telescópio óptico do mundo é o Gran Telescópio Canarias, está situado na Ilha de La Palma, pertencente ao arquipélago das Canárias, e possui uma abertura de 10,4 metros. Porém, o Hubble tem a grande vantagem de estar acima da atmosfera terrestre, a aproximadamente 570 km da superfície da Terra. O Telescópio Hubble completa uma volta à Terra em cerca de 97 minutos, deslocando-se a uma velocidade de 8 km/s.

A atmosfera terrestre é um problema para os observadores a partir da Terra, dado que a atmosfera distorce as imagens dos objetos celestes que vêm do exterior. É devido à atmosfera que as estrelas parecem cintilar. O Telescópio Espacial Hubble não enfrenta esse problema. Para além disso, a atmosfera também bloqueia parcialmente ou absorve certos comprimentos de onda, como por exemplo o ultravioleta, impedindo que, da Terra, possamos observar os objetos celestes nestes comprimentos de onda.

O Hubble é um telescópio refletor do tipo Cassegrain, e está equipado com diversos instrumentos que permitem observar desde o comprimento de onda ultravioleta até ao infravermelho, passando pela luz visível.

Este telescópio espacial permitiu-nos ficar a conhecer muito mais sobre o Universo. Ficamos a saber que a idade do Universo está, provavelmente, entre 13 mil milhões a 14 mil milhões de anos (existem estudos que apontam para aproximadamente 13,7 mil milhões de anos). Permitiu-nos observar galáxias muito distantes e consequentemente como elas eram nos primórdios do Universo. Estes são apenas poucos exemplos entre as inúmeras contribuições que o Telescópio Espacial Hubble deu à astronomia e à cosmologia.

Para além disso, ao longo dos anos o Hubble tem proporcionado imagens magníficas dos mais variados objetos celestes e que têm fascinado tanto astrónomos como o público em geral.

Para visitar o site oficial do Telescópio Espacial Hubble, clique aqui.

Nebulosa Cabeça de Cavalo

Foto da Nebulosa Cabeça de Cavalo, obtida pelo Telescópio Espacial Hubble, no infravermelho.

Share Button
Telescópio Espacial Hubble
4 (80%) 5 votes
Tagged . Bookmark the permalink.

Comments are closed.