Epimeteu – Satélite de Saturno

EpimeteuEpimeteu (ou Epimetheus) é um satélite natural (lua) do planeta Saturno. A descoberta do satélite Epimeteu esteve envolta em alguma confusão, devido a este satélite ter uma órbita praticamente coincidente com a órbita do satélite Jano.

No dia 18 de Dezembro de 1966, o astrónomo Richard Walker observou um corpo celeste que possuía uma órbita bastante similar à do satélite Jano que tinha sido descoberto três dias antes pelo astrónomo Audouin Dollfus. Tal observação poderia fazer pensar que o corpo celeste que Richard Walker tinha observado tratava-se do mesmo satélite recém-descoberto. Porém, havia aqui um problema: a posição do corpo celeste observado por Richard Walker não era compatível com a posição do satélite Jano.

Apenas 12 anos depois esta questão viria a ser esclarecida. Em 1978, os astrónomos Stephen Larson e John Fountain descobriram que na realidade tratavam-se de duas luas diferentes que partilhavam uma órbita bastante similar. Isso acabaria por ser confirmado em definitivo no ano de 1980 através da sonda espacial Voyager 1, quando esta chegou ao sistema do planeta Saturno.

Epimeteu e Jano são assim co-orbitais, e é possível que já tenham sido apenas um único corpo que se partiu. Se assim foi, isso provavelmente terá ocorrido num período inicial da formação do sistema de Saturno.

Epimeteu (ou Epimetheus) tem uma forma aproximada de uma “batata”, cujo diâmetro é de cerca de 135 x 108 x 105 km.

O satélite Epimeteu orbita a uma distância de aproximadamente 151.500 km do planeta Saturno. O período de rotação desta lua de Saturno é de 16,7 horas, sendo uma rotação sincronizada pois corresponde ao mesmo tempo que leva a completar uma volta ao redor do planeta.

A superfície de Epimeteu, tal como a do seu “irmão” Jano, caracteriza-se pela presença de muitas crateras.

Epimetheus - Foto da Cassini

Foto de Epimetheus obtida pela sonda espacial Cassini.

Share Button
Tagged , . Bookmark the permalink.

Comments are closed.