Estrelas intergalácticas – estrelas fora das galáxias

Aglomerado de VirgemAs estrelas intergalácticas são estrelas solitárias que não pertencem a nenhuma galáxia em particular. As galáxias são enormes aglomerados de estrelas e de muitos outros tipos de corpos celestes. Durante muito tempo acreditou-se que as estrelas localizavam-se apenas nas galáxias. Hoje sabemos que tal não é assim. Continue a ler

Galáxia de Bode – M81

Galáxia de BodeA Galáxia de Bode, também conhecida por M81 e por NGC 3031, é uma galáxia que foi descoberta em 31 de Dezembro de 1774 pelo astrónomo alemão Johann Bode. A galáxia de Bode situa-se a aproximadamente 12 milhões de anos-luz e pode ser observada na direção da constelação da Ursa Maior. Continue a ler

Galáxia do Olho Negro – M64

Galáxia do Olho Negro - M64A Galáxia do Olho Negro ou Galáxia da Bela Adormecida, é também conhecida pela designação M64 e também por NGC 4826. Trata-se de uma galáxia espiral situada a cerca de 17 milhões de anos-luz de distância, porém sua distância não é conhecida com total rigor. A galáxia do Olho Negro pode ser observada na direção da constelação da Cabeleira de Berenice (Coma Berenices). Continue a ler

Galáxia do Redemoinho – M51

Galáxia do Redomoinho - M51A Galáxia do Redemoinho, (ou Galáxia do Rodamoinho), é também conhecida pela designação M51 ou NGC 5194. Trata-se de uma galáxia espiral situada a aproximadamente 30 milhões de anos-luz de nós. A galáxia do Redemoinho pode ser observada na direção da constelação Cães de Caça (Canes Venatici). Continue a ler

Galáxia do Sombrero – M104

Galáxia do SombreroGaláxia do Sombrero (ou Galáxia do Sombreiro) é também conhecida por M104 ou NGC 4594. Trata-se de uma galáxia espiral situada a uma distância na ordem dos 30 milhões de anos-luz de nós, podendo ser observada na constelação de Virgem. Sua magnitude aparente é de cerca de +9,0 fazendo com que seja visível através de um telescópio amador. Continue a ler