Estrela Canopus – Constelação de Carina

CanopusCanopus, a estrela alfa da constelação de Carina, é a segunda estrela mais brilhante (em magnitude aparente) que pode ser observada no céu noturno. Esta é a estrela mais brilhante da constelação de Carina, e pode ser observada a partir do hemisfério sul. Continue a ler

Estrela Aldebaran – Constelação de Touro

AldebaranAldebaran ou Aldebarã é a estrela alfa da constelação de Touro, e a estrela mais brilhante desta constelação. Vista da Terra, Aldebaran é uma estrela brilhante possuindo uma magnitude aparente média de cerca de +0,86, sendo esta uma estrela ligeiramente variável, ou seja, seu brilho varia ligeiramente ao longo do tempo. Já a sua magnitude absoluta é de cerca de -0,63. Continue a ler

Estrela Vega – Constelação de Lira

Vega - Foto infravermelhaVega, a estrela alfa da constelação de Lira, vista da Terra é a estrela mais brilhante da sua constelação e a 5ª estrela mais brilhante do céu noturno. Vega está relativamente próxima do Sistema Solar (à escala astronómica), sendo esta uma estrela branco-azulada relativamente jovem quando comparada com o nosso Sol. Continue a ler

Estrela Antares – Constelação de Escorpião

AntaresAntares, uma estrela supergigante vermelha que pode ser observada na constelação de Escorpião. Uma estrela de grandes dimensões e, vista da Terra, é a estrela mais brilhante da sua constelação, sendo designada por alfa de Escorpião. O nome da estrela tem provavelmente origem na sua “rivalidade” com o planeta Marte. Continue a ler

Estrela VY Canis Majoris – Constelação do Cão Maior

VY Canis MajorisVY Canis Majoris, uma das maiores estrelas conhecidas. Uma estrela de dimensões colossais, localizada na constelação do Cão Maior (constelação do hemisfério celestial sul), a VY Canis Majoris é classificada como uma hipergigante vermelha, podendo num futuro próximo transformar-se numa supernova. Vamos conhecer um pouco mais sobre este gigante objeto celeste. Continue a ler

O que são as estrelas? Que tipos de estrelas existem?

EstrelasDesde a antiguidade, o céu noturno cheio de estrelas fascinou o ser humano. O que são as estrelas? De que são feitas? Quais os tipos de estrelas que existem? Essas foram algumas das perguntas formuladas ao longo dos séculos. Hoje, apesar de ainda termos muitas questões por responder, já sabemos um pouco sobre o que são as estrelas, e os diferentes tipos que existem. Continue a ler

Estrela Alfa Centauri – Constelação de Centauro

Alfa Centauri - Credito: ESOAlfa Centauri é a estrela mais brilhante da constelação de Centauro e uma das mais brilhantes do céu noturno (visto a partir da Terra). Alfa Centauri (também conhecido por Rigil Kentaurus) é na realidade um sistema triplo de estrelas, constituído pelas estrelas Alfa Centauri A, Alfa Centauri B e Alfa Centauri C, ligadas gravitacionalmente entre si. A Alfa Centauri C, também conhecida por Proxima Centauri, é a estrela mais próxima do nosso Sistema Solar. Continue a ler

Estrela Polar – Constelação da Ursa Menor

Polaris - Estrela Polar - Autor: Jim ThomasEm astronomia, estrela polar é uma estrela que está alinhada com o eixo de rotação da Terra, ou muito próxima desse eixo, significando isso que a sua posição no céu situa-se próximo do polo norte celeste (estrela do norte) ou do polo sul celeste (estrela do sul). Porém, geralmente quando se fala em estrela polar fala-se de Polaris (estrela Alfa da Ursa Menor), também chamada de estrela do norte. Continue a ler

Sol – A nossa Estrela

Sol - Foto Ultravioleta - Cores Falsas - NASAO Sol, uma estrela importante para a vida na Terra. O Sol é o maior elemento do Sistema Solar, quer em tamanho quer em massa. À sua volta orbitam planetas (incluindo o planeta Terra), planetas anões, asteróides, cometas, bem como satélites que orbitam em volta de alguns desses corpos celestes. Vamos conhecer mais sobre a nossa estrela e suas principais características. Continue a ler

Constelações – O que são?

ConstelaçõesNeste artigo vamos ver o que é uma constelação e a sua importância para a astronomia. As constelações ajudam-nos a localizar determinados eventos ou objetos celestes no céu. Vamos ver ainda como é que chegamos às 88 constelações atualmente reconhecidas pela União Astronómica Internacional. No final do artigo é apresentada uma lista de todas as constelações. Continue a ler